A Prefeitura de Jaraguá do Sul e os dois hospitais da cidade vão receber um total de R$ 4,240 milhões em emendas destinadas pelo deputado federal Carlos Chiodini (MDB).

O anúncio foi feito na manhã de ontem em apresentação na Câmara de Vereadores e que contou com a presença do prefeito Antídio Lunelli (MDB), vice Udo Wagner (PP), secretários municipais, representantes da direção dos dois hospitais do município e vereadores.

Do montante, R$ 1 milhão é decorrente de emenda de quando Chiodini ainda era deputado estadual e que no fim do seu mandato, em 2018, encaminhou a solicitação de recursos para os hospitais de Jaraguá. O recurso será dividido entre os hospitais São José e Jaraguá, sendo que cada um receberá R$ 500 mil.

Neste ano, já em Brasília, Chiodini encaminhou emendas federais no valor de R$ 2,240 milhões e que serão destinadas à Secretaria Municipal de Saúde de Jaraguá para cirurgias eletivas, principalmente para as áreas de ginecologia, de ortopedia e de otorrinolaringologia.

De acordo com estimativa da Secretaria Municipal de Saúde com o valor podem ser realizadas aproximadamente 1.200 cirurgias. “Este recurso vai desafogar a fila de espera e de custos que a Prefeitura tem com a saúde no município”, comentou o deputado.

Já para a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, o repasse feito por meio de emenda foi de R$ 1 milhão. O valor será utilizado para reforma, manutenção e paisagismo de 10 áreas de lazer no município.

O prefeito Antídio Lunelli (MDB) agradeceu o empenho do deputado em Brasília e a atenção dada ao município.

O deputado federal também ressaltou aos secretários municipais que o governo federal tem diversas linhas de investimento de melhorias em diferentes setores e que com projetos bem elaborados é mais fácil conseguir recursos.

Em julho, a Prefeitura de Jaraguá do Sul também recebeu a confirmação de emenda de R$ 1 milhão do deputado federal Fábio Schiochet (PSL) para obras de pavimentação.

Frase

“Vote pelo futuro de nosso Brasil, pela igualdade e pelo desenvolvimento da nossa economia, para sermos melhores do que hoje”

prefeito Antídio Lunelli, ao falar sobre a representação do deputado Carlos Chiodini em Brasília.

 

Segurança

Em novo estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgado ontem, Jaraguá do Sul novamente ficou entre as cidades mais seguras do Brasil e lidera o ranking em Santa Catarina.

O Ipea analisou 310 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes em 2017 e fez um recorte regionalizado da violência no país. A nível de Brasil, o estudo apontou que, entre os municípios com mais de 100 mil habitantes, Jaú é cidade menos violenta com 2,7 homicídios, seguida de Indaiatuba (3,5) e Valinhos (4,5), todas em São Paulo. Em quarto lugar, aparece Jaraguá do Sul (5,5).

Nota

O deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) apresentou na semana passada na Alesc projeto que pretende instituir no Estado o “Programa Nota Fiscal Segura”. Por meio do programa o consumidor catarinense poderia receber de volta, na forma de créditos, parte do ICMS pago ao comprar de estabelecimentos no Estado

 

Devolução

De acordo com o texto, o consumidor terá devolvido 20% do imposto ICMS pago e poderá utilizar 10% dos créditos para reduzir o valor do débito do IPVA ou solicitar depósito em conta corrente ou poupança. E outros 10% serão destinados obrigatoriamente a uma entidade sem fins lucrativos de Santa Catarina, indicada pelo consumidor. O projeto segue agora para a análise das comissões da Alesc.

 

Reforma da Previdência

A Câmara dos Deputados pode votar a partir desta terça-feira (6), em segundo turno, a proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19). O texto aumenta o tempo para se aposentar, limita o benefício à média de todos os salários, eleva as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS e estabelece regras de transição para os atuais assalariados. Depois da segunda votação na Câmara, será votada no Senado, para então ser sancionada pelo presidente Bolsonaro.

 

Troco solidário

A campanha Troco Solidário, da rede de Lojas Havan, arrecadou no primeiro semestre deste ano mais de R$ 1,2 milhão que será repassado para 26 instituições nas cidades com filiais da rede. A campanha conta com a participação e a solidariedade dos moradores e clientes das cidades onde a rede tem unidades, que doam seu troco, ou parte dele, diretamente nos caixas. Em Jaraguá a entidade beneficiada será a Associação de Amigos do Autista (AMA) com R$ 60 mil.

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger