A simplicidade e objetividade com que o governador do Estado Carlos Moisés (PSL) visitou ontem a região de Jaraguá do Sul surpreendeu as autoridades, políticos e empresários que estiveram presentes na vasta agenda de compromissos. Mas muito além disso, Moisés demonstrou que está antenado e preocupado com todas as demandas do Vale do Itapocu.

O anúncio da retomada da obra de duplicação do trecho estadual da BR-280, que passa por Guaramirim e Jaraguá do Sul -parado desde 2017, foi uma grata surpresa, muito bem recebida por todos. O governador garantiu que já foi articulado com a empresa ganhadora da licitação, a retomada imediata das obras e destacou o repasse por parte do governo do Estado de R$ 100 milhões para este fim, além de R$ 3 milhões para a supervisão dos trabalhos.

E ao anunciar a retomada do trecho urbano da 280 e também assinar a ordem de serviço para a obras de recuperação da SC-108, Moisés deixou claro que sabe da importância econômica que nossa região tem para Santa Catarina e para o Brasil, citando que as obras de infraestrutura se pagam, por conta do ICMS gerado por esta região que tem uma economia tão diversificada.

Além do anúncio de obras para a infraestrutura, o governador demonstrou que o Estado está preocupado com a prevenção. A instalação de um radar meteorológico em Jaraguá no valor de R$ 5,5 milhões também garantido por ele, vai abranger uma macrorregião com 1,4 milhão de pessoas. E para fechar, a área da saúde também foi contemplada com o repasse de R$ 3,8 milhões para custeio do Hospital São José, além do aumento do repasse mensal para a entidade de R$ 300 mil/mês para R$ 450 mil. O que Moisés deixou claro em todos os locais que esteve é que leva em conta a produtividade e meritocracia do governo e a aplicação correta do dinheiro público.

 

Da terra

Integrantes da Associação de Bananicultores de Corupá entregaram ontem ao governador Carlos Moísés produtos a base da banana mais doce do Brasil.

Foto: Eduardo Montecino

Crítica

O vereador do MDB Jaime Negherbon fez duras críticas ao colega Arlindo Rincos (PSD) na semana passada em sessão itinerante da Câmara de Jaraguá. Jaime, que também foi vice do ex-prefeito Dieter Janssen (PP), disse que na época que Dieter era prefeito, Rincos era do mesmo partido e, no entanto, não teria apoiado o Executivo na Câmara. “Dieter não tinha a maioria na Câmara e teve vereador que foi eleito com votos do PP e depois não votava a favor do prefeito. Esse vereador é você Arlindo Rincos. Você era do PP e, portanto do governo, e ia contra a maioria dos projetos de pavimentação e de pontes do prefeito Dieter. Isso é uma vergonha”, comentou Negherbon.

Projetos

A Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali), entregou este mês os projetos executivos para sinalização viária e estacionamentos no centro de Corupá. O projeto contempla 700 vagas, levando em consideração os estabelecimentos comerciais e acessibilidade, com vagas exclusivas para cadeirantes e idosos em 11 ruas. A expectativa da Amvali é iniciar em breve, o estudo para implementação de rotatórias.

Defesa Civil

Além da entrega dos projetos para a região central de Corupá, a Amvali recebeu a solicitação de mais 14 projetos para a área da Defesa Civil do município. Os projetos são para contenções, drenagem, recuperação de ruas, melhorias em pontos de captação de água, que beneficiarão os bairros Ano Bom, Centor, João Tozini e a região do Rio Pedra D’Amolar.

Pista

A pista de atletismo do bairro Tifa Martins, receberá nos próximos dias, obras complementares com investimento de quase R$ 192 mil, com recursos do Ministério do Esporte. A ordem de serviço, que envolve pavimentação em paver e concreto, isolamento e paisagismo, foi assinada na semana passada. A empresa vencedora do processo licitatório, a Sovrana Engenharia e Construções, de Blumenau, tem 90 dias para execução do serviço.

 

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger