Quase 2,5 mil internautas participaram da enquete realizada pela Rede OCP dos dias 6 a 10 de março sobre as eleições municipais 2020 em Guaramirim.

Os nomes apontados na enquete são os de possíveis pré-candidatos a prefeito de Guaramirim e que aparecem inclusive apontados entre as siglas as quais representam ou que já concorreram em outras eleições.

O OCP destaca que a realização da enquete foi uma simples coleta de opiniões de eleitores sem um controle de amostra e sem a utilização de método científico para sua realização e que está previsto em lei (§1ª do art. 23 da Resolução TSE n. 23.600/2019).

Nas próximas semanas, o OCP continua com as enquetes nos outros municípios da região.

Confira no quadro ao lado o resultado da enquete:

Arte: OCP

Aprovado projeto de lei para agilizar tratamento de câncer na rede pública

Foi aprovado na Assembleia Legislativa de Santa Catarina na terça-feira (10) o Projeto de Lei (PL 461/2019) de autoria do deputado estadual Valdir Cobalchini (MDB) que estabelece o prazo de 30 dias para o início do tratamento de câncer na rede estadual de saúde. Segundo o deputado, a iniciativa do PL foi devido a necessidade do tratamento do câncer iniciar com mais agilidade, já que a lei federal existente determina que o tratamento inicie após 60 dias do diagnóstico.

"Apresentamos esse projeto não apenas para se fazer um diagnóstico precoce e para iniciar o tratamento em até 30 dias, mas também para dar todo apoio psicológico, jurídico e social ao paciente e à família”, comenta o deputado.

SC é o Estado com maior incidência de câncer e, segundo estimativa do Instituto do Câncer (Inca), cerca de 33 mil pessoas serão diagnosticadas neste ano com a doença.

Serviço militar

Projeto de relatoria do senador Esperidião Amin (PP) sobre o serviço militar feminino foi aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos, do Senado, na terça-feira (10). Atualmente, as mulheres só podem ingressar nas Forças Armadas por meio de concurso para escolas militares, para sargento ou para oficial efetiva ou temporária.

O projeto segue para análise da Comissão de Relações Exteriores, onde receberá decisão terminativa. Por sugestão da senadora Kátia Abreu (PDT-TO), será garantida às mulheres uma cota de 30% das vagas a serem preenchidas anualmente na prestação do serviço militar. Na foto, Kátia beija a careca do senador possivelmente em agradecimento à parceria.

Foto: Jr Mourão/Divulgação

CURTAS

Equipamentos

Os bombeiros voluntários de Jaraguá do Sul receberam R$ 60 mil, por meio de emenda parlamentar do deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB), para compra de equipamentos de treinamento a atendimentos pré-hospitalares (APH). Parte do valor será utilizado para capacitação dos 150 bombeiros em simulações desta atividade. O projeto foi enviado pelo deputado em novembro de 2019 e no fim de fevereiro os bombeiros já receberam o repasse do governo estadual.

Treinamentos

Com os novos equipamentos, os bombeiros poderão simular situações próximas à realidade e alcançar resultados mais precisos sobre a eficácia do simulado. Os treinamentos de atualização de protocolos são mensais.

 

Previdência

O governador Carlos Moisés (PSL) defendeu a importância das reformas da Previdência e Tributária na posse dos novos gestores catarinenses da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB/SC).

Angela Gonçalves comandará a entidade durante o biênio 2020/2021. Em seu discurso aos empresários, Moisés elencou alguns dados que demonstram a necessidade da aprovação da nova previdência no âmbito estadual. O déficit anual com o pagamento de inativos está em R$ 4,4 bilhões.

ICMS

Em relação à Reforma Tributária, a nível federal, o governador ressaltou a necessidade de uma simplificação do sistema de pagamento de impostos e afirmou que hoje é impossível zerar o ICMS dos combustíveis.

“Nós precisamos da Reforma Tributária. Todos precisam pagar um pouquinho. No estado, estamos indo atrás da Nota Fiscal Eletrônica para o consumidor, para facilitar tanto para o cidadão quanto para o governo”, comentou.

Segurança Pública

O lançamento do e-book Conhecendo a Segurança Privada, promovido pela Frente Parlamentar da Segurança Pública e Privada da Alesc, trouxe a Santa Catarina, esta semana o secretário Nacional da Segurança Pública general Guilherme Theophilo, e o secretário-executivo do Ministério da Justiça Luiz Pontal. O tema principal do debate foi a integração das ações entre a segurança pública e a privada. Há um consenso da necessidade que isso se amplie, mas a legislação que trata do assunto tramita em ritmo lento no Congresso Nacional.

Piloto

Segundo o secretário nacional da Segurança, há carência de efetivo nas forças públicas, e que SC poderá ser um Estado a receber um programa-piloto que está sendo desenvolvido na pasta no sentido aplicar a integração dos dois setores. O programa deverá ser lançado em algumas capitais, como Florianópolis.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul