O prefeito de Jaraguá Antídio Lunelli (MDB), destacou nesta segunda-feira (3) que graças aos projetos de desassoreamento de rios que a Prefeitura tem colocado em prática no município,  foram evitados alagamentos em diversos pontos da cidade. As chuvas da última semana chegaram a um acumulado de 150 milímetros, volume que seria registrado em um mês.

Um dos principais problemas que afetam os rios, principalmente os que passam no meio das cidades, é o assoreamento. O acúmulo de lixo, entulho e outros detritos no fundo dos rios, faz com que esses mananciais suportem cada vez menos água, provocando alagamentos em épocas de grande quantidade de chuvas. Jaraguá, assim como tantos outros municípios da região, em que os rios passam no meio da cidade, também está mais sujeita a ser atingida por cheias.

Com medidas preventivas que vem sendo tomadas nos últimos anos pela Prefeitura, casos como de alagamentos, passam a ser evitados. Segundo dados da Diretoria da Defesa Civil, entre os pontos de desassoreamento e limpeza efetuados no município estão: Henrique Haise, Tifa Martins, Ponte João José Vailati, ponte do Beira Rio (em andamento), Ponte Tavares Sobrinho, Jaraguá Esquerdo/Parque Malwee.

Juntas as obras próximas de três pontes da cidade somam aproximadamente R$ 1,2 milhão. Já perto da Estância Ribeirão Grande também houve a troca de ponte e foi feito enrocamento. Também está sendo realizada a limpeza e drenagem na Rua Manoel Francisco da Costa, na BR-280 no bairro Água Verde, Três Rios do Sul na divisa com o bairro Rau, Três Rios do Norte, Ribeirão Cavalo e Braço Ribeirão Cavalo.

Escolha política

O presidente da Amvali Armindo Tassi (MDB), que é prefeito de Massaranduba, disse ontem que os prefeitos que integram a entidade lamentaram a exoneração do delegado regional Adriano Spolaor na sexta-feira passada (31). Tassi comenta que as autoridades que se mobilizaram para a permanência de Spolaor acreditavam que seria possível sua permanência na região, por conta do bom trabalho feito pelo delegado.

“Mas agora que aconteceu a exoneração, vamos respeitar a decisão do governo que pode indicar pessoas de sua confiança para o cargo. E esperamos que o novo delegado, faça um bom trabalho”, destacou.

O prefeito de Jaraguá Antídio Lunelli, ficou indignado com a exoneração de Spolaor e ressaltou ontem que o  problema não é quem vai assumir a delegacia regional, mas sim a indicação meramente política.

Procurado para falar a respeito, o deputado federal Fábio Schiochet (PSL) não respondeu às mensagens.

Ecoponto

A Prefeitura de Massaranduba entrega na quarta-feira (5) um ecoponto instalado na esquina das Ruas Paulo Cardoso e Wladislaw Kazmierski, no Centro. O ecoponto é um projeto do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (CIMVI), integrado também por Massaranduba.

A entrega será às 8h e marca o Dia Mundial do Meio Ambiente. O ecoponto poderá ser utilizado pela comunidade para a colocação de materiais recicláveis e móveis para descarte ou reuso. Neste mês também,  Massaranduba também iniciará a coleta seletiva do lixo.

Crédito para hospitais

A Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul aprovou em votação única, e por unanimidade, esta semana o Projeto de Lei nº 125/2019 do Executivo, que autoriza a abertura de crédito adicional suplementar no orçamento do Fundo Municipal de Saúde, no valor de R$ 2 milhões, para atender despesas com a transferência de recursos financeiros a entidades.

Conforme a Prefeitura, a reprogramação de recursos na Atenção Especializada vai atender convênios celebrados com o Hospitalar São José e Hospital e Maternidade Jaraguá, para o atendimento com internações, exames clínicos, laboratoriais, fisioterapias e cirurgias.

Bolsas universitárias

O governador Carlos Moisés confirmou um investimento de R$ 204 milhões em 2019 pelo Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu). O valor anunciado é o dobro do investido no ano passado, quando foram repassados R$ 109 milhões ao programa. Do total anunciado, R$ 110 milhões foram aplicados neste primeiro semestre.

Os outros R$ 94,7 milhões serão para a segunda metade do ano. A previsão é de que a verba seja disponibilizada em cursos presenciais de graduação, licenciatura, especialização, mestrado e doutorado.

Quer receber as notícias no WhatsApp?