Imagens do circuito interno do ônibus da linha 2520 mostram o exato momento em que Willian Augusto da Silva, de 20 anos, aborda o motorista e anuncia o sequestro durante o trajeto, na ponte Rio-Niterói.

No vídeo, com mais de um minuto de duração, é possível ver o criminoso conversando também com os 37 passageiros utilizando uma pistola de brinquedo.

Por volta das 5h10, o sequestrador inutiliza as câmeras de monitoramento com um spray de tinta preta.

William Augusto conversa com passageiros durante sequestro | Foto Divulgação

 

 

Após três horas de negociações, William morreu alvejado por atiradores de elite do Batalhão de Operações Especiais. (BOPE)

A polícia agiu após ele descer do ônibus e arremessar um casaco. Ao tentar retornar ao coletivo, dois tiros atingiram o tórax, dois no braço esquerdo e um no antebraço direito.

O transporte coletivo é da empresa Galo Branco, e faz o percurso Alcântara, e São Gonçalo, até o Estácio, no Cento do Rio.

Relembre o caso

O sequestro começou pouco antes das 6h da última terça-feira (19) e interditou a ponte Rio-Niterói nos dois sentidos. Até as 9h, o sequestrador havia liberado seis reféns.

Segundo as informações, o sequestrador estava armado e se identificou como policial militar. Durante o trajeto, William se manteve em silêncio.

Após o ônibus passar pelo Posto da Polícia Rodoviária Federal ele anunciou o sequestro.

Willian intimidava os passageiros com uma arma falsa e ameaçou incendiar o coletivo, colocando recipientes com gasolina e pendurando ao longo da cabine.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger