Um cão foi resgatado após ficar preso em uma propriedade em Corupá. O caso foi registrado na tarde desta quarta-feira (14), na localidade de Rio Paulo Pequeno, no interior do município. De acordo com a Defesa Civil, o animal ficou cerca de sete dias desaparecido.

O bombeiros voluntários, coordenador da Defesa Civil e secretário de Obras de Corupá, Cláudio Sidnei Siqueira, explica que o cão é do dono de uma propriedade vizinha. O homem chegou a pensar que alguma cobra picou o animal e já tinha perdido as esperanças de achar o cachorro.

“Uma senhora estava limpando o terreno e escutou o choro do cão em um buraco. Ela chamou o vizinho, mas não conseguiu retirar o animal. Nós fomos até o local e verificamos que a situação era bem complicada, pois havia um amontoado de pedras antigas”, comenta.

Uma retroescavadeira foi enviada para a propriedade e uma limpeza inicial foi feita. Depois, foi realizada uma avaliação e algumas pedras foram retiradas para realizar o acesso. O trabalho precisou ser realizado com muito cuidado, pois havia o risco de ocorrer um desmoronamento.

“Foi um trabalho de formiga, retirando o barro e as pedras. Quando chegamos ao cão, ele estava com a cabeça presa entre as rochas. Tivemos que quebrar uma pedra grande, porque ele puxou o material ao retirar a cabeça e acabou ficando preso”, recorda.

O cão foi resgatado desidratado, com um ferimento na pata e outro no pescoço. O trabalho de resgate durou cerca de duas horas e contou com o apoio do secretário de Turismo, Chales Moesch, e do maquinista, Marcelo. O bicho recebeu cuidados e passa bem.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança