A Polícia Civil de Palhoça prendeu três pessoas acusadas de agredirem até a morte Deivid Duarte da Silva, 19 anos, num posto de combustíveis, em Palhoça, na tarde desta terça-feira (17).

De acordo com informações do delegado Arthur de Oliveira Lopes, um dos detidos seria o motorista de aplicativo que teve o carro roubado na noite de segunda-feira. Ele teria reconhecido Deivid no posto – que estava em outro carro e parou para abastecer.

Logo após o reconhecimento, dois homens abordaram Deivid e começaram as agressões. Um terceiro chegou em seguida e deu sequência aos golpes. Deivid teria apanhado por cerca de 40 minutos com golpes de capacete e corrente, além de socos e chutes.

A polícia analisou imagens das câmeras de segurança, identificou o trio que foi preso em flagrante. Eles ficam detidos na delegacia até esta quarta (18), quando passarão por audiência de custódia.

Receba as notícias do OCP no WhatsApp: