Vítima, Sheila Priebe, 35 anos, foi encontrada morta dentro de uma residência na estrada do Atalho, no bairro Vila Nova, neste domingo (23) | Foto Reprodução/RIC TV Record Joinville

Vítima, Sheila Priebe, 35 anos, foi encontrada morta dentro de uma residência na estrada do Atalho, no bairro Vila Nova, neste domingo (23) | Foto Reprodução/RIC TV Record Joinville

Suspeito de matar a mulher a facadas, Natanael Antonio Mira, de 48 anos, deve responder por feminicídio em Joinville. A vítima, Sheila Priebe, 35 anos, foi encontrada morta dentro de uma residência na estrada do Atalho, no bairro Vila Nova, neste domingo (23). O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Joinville e sepultado às 11h30 desta segunda-feira no cemitério Dona Francisca.

Natanael confessou ter matado a companheira com quem convivia há pelo menos oito anos. A Polícia Militar foi chamada por parentes de Natanael na manhã deste domingo. O acusado teria contado que matou a mulher e os familiares o denunciaram. Ele foi preso na rua Denise Timm, no bairro Paranaguamirim. Em seguida, a polícia foi até a residência no bairro Vila Nova e encontrou a vítima já sem vida e enrolada em um cobertor.

Natanael foi preso na rua Denise Timm, no bairro Paranaguamirim | Foto Polícia Militar/Divulgação

A vítima foi morta com sete facadas na região do pescoço e do peito. Durante depoimento na delegacia, o suspeito disse que é dependente químico, toma remédios controlados e tem depressão. Ele já tem passagens pela polícia por agressão. O último registro, inclusive, faz cerca de duas semanas, segundo a polícia.

O crime teria ocorrido na sexta-feira, mas o corpo foi localizado somente neste domingo. Nesse intervalo de tempo, Natanael permaneceu na residência, e teria arrumado as roupas e malas na intenção de fugir. Esse foi o segundo feminicídio do ano em Joinville.

Sheila Priebe foi sepultada às 11h30 desta segunda-feira no cemitério Dona Francisca | Foto Reprodução

Leia mais: 

Rapaz esfaqueado é internado em hospital de Jaraguá do Sul

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?