O policial militar baleado durante uma troca de tiros com os assaltantes de banco em Criciúma na madrugada do dia 1º de dezembro segue internado na Unidade Intensiva de Saúde (UTI) do Hospital São João Batista, em estado grave de saúde.

Jeferson Luiz Esmeraldino, 32 anos, foi atingido por um tiro de fuzil no abdômen durante o primeiro deslocamento da quadrilha que atacou a tiros a sede do 9º Batalhão da Polícia Militar de Criciúma durante a ação.

Em nota divulgada nesta quarta-feira (16) o Coronel Evandro de Andrade Fraga afirma que "desfechos piores não são descartados". Confira a nota na íntegra:

"A 6' Região de Polícia Militar de Santa Catarina, com a participação do Capitão PM Médico Cúrcio, da Formação Sanitária da 6' RPM, informa que:
"O Soldado PM Esmeraldino, do 9° BPM (Criciúma - SC), "segue inspirando cuidados intensivos, com manutenção de picos febris e difícil descontinuidade da ventilação mecânica.

Torna-se mais provável as chances de evolução com danos neurológicos.

O cenário é de gravidade e desfechos piores não são descartados."

A PMSC agradeçe a todos!

Seguiremos em vigília e em orações.

"O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra." Salmo 121.

Respeitosamente,

EVANDRO DE ANDRADE FRAGA
CEL PMSC CMT DA 6' RPM

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp