Sete suspeitos de integrar um grupo criminoso especializado em assaltos ao comércio foram presos nesta sexta-feira (12), em Joinville.

Conforme a Polícia Civil, o último crime do grupo aconteceu na terça-feira (9), quando dois homens assaltaram uma joalheria que fica dentro de um shopping, no centro de Joinville.

 

 

Na ocasião, foram subtraídas 612 joias, todas em ouro, com o valor estimado em mais de R$ 400 mil. Durante as investigações, os policiais conseguiram identificar um dos criminosos que ingressou na joalheria e anunciou o assalto.

Nesta sexta-feira, policiais da Divisão de Investigação Criminal (DIC) localizaram o suspeito em Joinville e realizaram sua prisão. Na sequência, outras equipes encontraram, no bairro Ulisses Guimarães, os demais criminosos escondidos em uma residência.

Dentro da casa, foram encontradas as joias roubadas, além de drogas, dinheiro e demais objetos, identificados como sendo produtos de outros roubos praticados contra óticas e joalherias.

No local foram presos seis suspeitos de integrar o grupo. Eles foram autuados pelos crimes de receptação, tráfico e associação para o tráfico de drogas.

Recuperação

As joias recuperadas foram reconhecidas pelo dono da joalheria do shopping. Além disso, outros dois proprietários de óticas e joalherias reconheceram os demais objetos apreendidos.

Após os procedimentos legais, todos os envolvidos foram encaminhados ao Presídio Regional de Joinville, onde permanecem à disposição da Justiça.