Na tarde do último domingo (5), um professor de Otacílio Costa, na Serra catarinense, foi preso a mando do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes.

De acordo com o advogado de defesa Silvano Willian Antunes, a decisão diz que o professor foi preso por supostamente estar convocando a população "para prática de atos criminosos e violentos".

 

 

A prisão foi realizada pela Polícia Federal, e o professor foi encaminhado ao Presídio Regional de Lages.

Na última sexta-feira (3), Alexandre de Moraes também acatou um pedido da PGR (Procuradoria-Geral da República) para prender o caminhoneiro joinvilense Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão.

Ele é alvo de investigações relativas a supostos "atos antidemocráticos". Em vídeo divulgado nas redes sociais, Zé Trovão afirmou que se entregará no dia 7 de setembro.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp