O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta sexta-feira (3) a prisão do caminhoneiro joinvilense Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão.

Ele atendeu a um pedido feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR). A autorização também vale para o jornalista conservador Wellington Macedo.

 

 

Zé Trovão e Macedo eram alvo de investigações relativas a supostos "atos antidemocráticos". Ambos realizavam convocações para as manifestações do dia 7 de setembro.

No Twitter, a deputada federal Carla Zambelli (PSC-SP) chamou o ocorrido de "fim dos tempos". Conforme informações preliminares, Zé Trovão ainda não foi localizado.