O professor de artes marciais que agrediu um médico jaraguaense em um hospital em Itajaí foi preso pelas polícias Civil e Militar. A prisão ocorreu ainda durante a manhã desta quarta-feira (13), no Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú.

O homem de 45 anos estava acompanhando a mulher grávida após fugir do Hospital Marieta Konder Bornhausen. Segundo a Polícia Civil, ele possui diversos registros policiais por ameaças e lesão corporal.

Ele foi preso em flagrante e levado para a Central de Plantão Policial de Itajaí. O médico agredido foi ouvido e segue internado no Hospital Marieta Konder Bornhausen. Ele passou por duas cirurgias, uma delas de reconstrução facial.

O crime teria sido cometido porque o agressor ficou com ciúmes durante o atendimento da companheira grávida e em trabalho de parto. O homem não gostou que a mulher foi examinada pela vítima. De repente, o professor de artes marciais deu um soco no médico de 31 anos.

*Com informações do Diarinho.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram