O juiz Marcio Preis, da 2ª Vara da Comarca de Ituporanga, decretou nesta sexta-feira (10) a prisão preventiva do homem suspeito de assassinar o prefeito de Imbuia, João Schwambach (MDB). Ele acatou a alegação do Ministério Público de que existem indícios suficientes que apontam o idoso de 77 anos como o autor dos disparos que mataram o prefeito.

Desde quarta-feira (8), dia em que o crime ocorreu, o suspeito está internado, em estado grave, no Hospital Regional de Rio do Sul. As investigações indicam que, após cometer o assassinato, o homem retornou para casa e tentou tirar a própria vida com um tiro na cabeça.

O juiz determinou que o mandado de prisão seja cumprido assim que o indiciado tiver alta da Unidade de Terapia Intensiva onde está internado. "Ressalto que a arma de fogo supostamente usada foi apreendida pela polícia na residência do investigado, enquanto o suspeito já estaria sendo conduzido por familiar para atendimento médico”, anotou Preis, em sua decisão.

O crime

O prefeito João Schwambach morreu com dois tiros no peito por volta das 16h50 de quarta-feira (8). Imagens de câmeras, instaladas na Prefeitura, mostram Schwambach caminhando em direção a dois veículos parados no estacionamento. Ele conversa com uma pessoa que está dentro de um dos carros, quando é alvejado. O prefeito ainda tentou pedir socorro, mas aparece, em seguida, caído, já morto.

Segundo informações preliminares, o assassinato teria sido praticado por conta de uma desavença entre ambos, motivada por uma via que passaria pela propriedade do autor.

Quer receber as notícias no WhatsApp?