O Presídio Regional de Jaraguá do Sul foi o único de Santa Catarina e ter uma seção eleitoral. Neste domingo (15), 14 presos estavam aptos para participar das Eleições Municipais na unidade, mas dez realizaram o voto. Ao todo, 17 pessoas, entre apenados e servidores, participaram do pleito na unidade.

De acordo com o boletim de urna disponibilizado pela Justiça Eleitoral, oito presos votaram em Antídio Lunelli (MDB), sete votaram em Leandro Schmockel (NOVO), um votou em Ivo Konell (PRTB), que teve a candidatura impugnada e o voto acabou anulado, e um votou em branco.

O diretor José Luiz Arbigaus explica que a votação na unidade ocorre desde o pleito de 2012. Ele afirma que apenas presos que não têm sentença penal transitada e julgada podem participar da votação. Os eleitores também precisam ser residentes em Jaraguá do Sul.

“Foi feita uma listagem e foram identificados esses apenados. Eles optaram em votar, ou seja, houve uma prévia. Hoje, a votação começou após os trâmites da troca do plantão na unidade prisional. Inclusive, a votação foi acompanhada por fiscais do Tribunal Regional Eleitoral”, frisa Arbigaus.

Por causa do número pequeno de eleitores, a votação foi rápida e encerrada às 9h30. O diretor comenta que todo o processo foi seguro e respeitou as normas de sanitização para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

“O pessoal do TRE ficou bem impressionado com o aparato que a gente proporcionou. Isso só foi possível através da parceria com o Ministério Público, o Poder Judiciário. A doutora Cândida sempre é muito solícita nessas operações. Isso só foi possível com essa união das forças públicas”, revela.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança