Nesta quarta-feira (8), a Polícia Civil de Gaspar prendeu preventivamente mais quatro suspeitos de participarem do assassinato de José Fantoni, morto com quatro tiros na cabeça em sua própria residência, no bairro Barracão, no dia 29 de janeiro. De acordo com as investigações, os detidos, dois homens e duas mulheres, entre eles mais um familiar da vítima, se envolveram no planejamento e execução do crime.

A polícia já havia identificado e prendido outras três pessoas por participação no homicídio, uma delas a suposta mandante, também uma familiar, que estaria sofrendo abusos sexuais do alvo. Na ocasião, apesar de confirmar ter sido vítima de violência sexual, a mulher negou ter ordenado o assassinato.

José Fantoni | Foto Redes Sociais

Segundo o delegado Bruno Fernandes, há ainda outro homem com a prisão preventiva decretada, mas ele segue foragido. Com isso, a Polícia Civil conclui as investigações com oito pessoas identificadas, e sete delas presas. O inquérito policial foi encaminhado ao Ministério Público de Gaspar, que ofereceu denúncia contra os autores.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul