A Aprasc (Associação de Praças de Santa Catarina) homenageou dois policiais militares que salvaram uma bebê de um ano e três meses em Guaramirim. A ocorrência foi registrada após um vendaval provocado pelo ciclone bomba que atingiu o Estado no dia 30 de junho.

O cabo Cassiano Soares de Brito e o soldado Josielcio Lecim receberam medalhas das mãos do presidente da entidade, o subtenente João Carlos Pawlick, na sede da 2ª Companhia do 14º Batalhão de Polícia Militar.

“Nós nos sentimos honrados de pertencer a essa associação e receber essa homenagem da Aprasc. Receber esse reconhecimento é muito importante para quem está nas ruas todos os dias. Isso nos estimula a continuar fazendo um bom trabalho”, comenta Lecim.

Os policiais militares também foram até a casa da pequena Sarah Vitória Floriano de Borba e conversaram com a mãe da criança, Rosane Floriano. A mãe de Sarah relembrou o dia em que suas vidas cruzaram com os dois PMs.

Foto: Aprasc/Divulgação

“Ela estava praticamente se esfalecendo no momento em que eles chegaram. Eu agradeço muito a Deus e a esses dois policiais militares. Eles foram muito prestativos e salvaram a vida da minha menina”, comenta Rosane.

O presidente da Aprasc explica que esse foi um verdadeiro ato de heroísmo. A entrega da medalhas ao soldado e ao cabo serve para valorizar o serviço da tropa. Ele destaca que a sociedade precisa saber de bons exemplos como esse para valorizar os policiais militares.

“A Aprasc valoriza os nossos policiais e bombeiros. Nós vamos indicar para a Alesc uma moção de aplausos para esses valorosos guerreiros. Sempre perguntam quantos a gente mata, nunca perguntam para um policial militar quantas vidas ele salva”, enfatiza.

Engasgamento durante o vendaval

Os dois PMs estavam em serviço durante o vendaval. A guarnição realizou rondas pela cidade para verificar os estragos provocados pelo vento e percebeu que não havia energia, internet e telefone.

Ambos decidiram ficar em um ponto estratégico para caso alguém precisasse de ajuda. Então, eles estacionaram a viatura em uma praça na rua 28 de Agosto, no Centro. Por volta das 18h, um homem apareceu correndo e pediu por socorro.

Ao saber que a criança estava correndo perigo de vida, os dois policiais militares foram pela contramão até chegar na casa localizada na rua Valentin Agostinho do Rosário. Lá, Britto realizou a manobra de Heimlich e conseguiu salvar a criança.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança