Publicidade

Peritos do IGP trabalham na identificação dos assaltantes do aeroporto de Blumenau

Compartilhar
Foto: IGP/Divulgação
Foto: IGP/Divulgação

Mais de 10 profissionais, entre peritos, papiloscopistas, auxiliares criminalísticos e auxiliares de medicina-legal, estão trabalhando na identificação dos criminosos envolvidos no assalto a um avião de transporte de valores no Aeroporto Quero-Quero, em Blumenau. As pericias iniciaram minutos após o crime que ocorreu na última quinta-feira (14).

Na ocasião, oito criminosos encapuzados e fortemente armados levaram cerca de R$ 9,8 milhões. Uma mulher acabou morrendo, vítima de um dos disparos e dois vigilantes feridos. Vários materiais foram coletados de diferentes locais e analisados, o que colaborou para rápida identificação dos envolvidos.

Na manhã desta terça-feira (19), a Polícia Militar localizou parte do grupo de criminosos. Um homem foi preso em Navegantes, próximo a Igreja de São Domingos e outros dois detidos antes do meio-dia próximo à localidade do Arraial d'Ouro, em Gaspar.

Há bastante movimentação policial na região, a operação permanece em andamento. As equipes do IGP seguem trabalhando na coleta de evidências que comprovem a identificação dos criminosos.

Quer receber as informações no Whatsapp? 

Compartilhar