Um pastor foi preso sob suspeita de abusar da própria filha, uma menina de 12 anos, no interior do Amazonas. A ação da polícia ocorreu na última sexta-feira (20) no município de Careiro Castanho.

 

 

A vítima denunciou o crime após assistir a uma palestra sobre educação sexual na escola. O Conselho Tutelar foi acionado e o caso foi comunicado à Polícia Civil. Exames foram solicitados e, de acordo com os policiais, comprovaram o crime.

Segundo a menina, os abusos teriam acontecido seguidas vezes dentro da residência onde a família vivia. O pai, de 37 anos, a obrigaria a manter relações sexuais com ele na ausência da madrasta.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram

Facebook Messenger