A família do homem morto durante uma ocorrência tentativa de estupro em Jaraguá do Sul afirma que a acusação é falsa. Três irmãos da vítima procuraram a redação do OCP News nesta quarta-feira (8) para dizer que ele está sendo injustiçado.

De acordo com a família, o homem não teria tentado estuprar a vítima, pois tinha uma relação de amizade com a mulher e o ex-companheiro dela. Os dois acusaram o homem de 43 anos de tentativa de estupro.

“Eu acredito que ele não fez isso, não é o comportamento dele. Ele foi empregado deles durante muitos anos em uma empresa de reciclagem. Eles tinham um caminhão que catava papelão”, comenta o irmão que não quis se identificar.

Os parentes afirmam que a vítima do homicídio havia contado sobre uma dívida e que foi outras vezes no local do crime para cobrar o dinheiro.

O crime ocorreu no último sábado (4), na rua Therezia Ferrazza, no bairro Tifa Monos. A Polícia Militar foi chamada para atender a ocorrência às 17h22. O homem foi levado para o hospital com um ferimento grave na cabeça.

A vítima está sendo velada na Capela Mortuária da Vila Lenzi e o corpo será sepultado nesta quinta-feira (9), no Cemitério Municipal de Corupá.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram