A 15ª Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) vai realizar um mutirão de exames práticos para a retirada da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em Jaraguá do Sul e região. Serão realizados 350 testes práticos na primeira semana de dezembro. Cinco examinadores vão participar da ação.

O delegado regional Fabiano dos Santos Silveira destaca que o foco do mutirão é nos testes de pessoas que não conseguiram passar anteriormente, principalmente entre os meses de dezembro de 2018 e fevereiro deste ano.

 

 

Fabiano explica que houve um acúmulo de exames no ano de 2019 provocado pelo alto índice de reprovação dos alunos. Em reportagem no mês de julho, o OCP noticiou que 70% dos alunos reprovavam nos testes práticos para a retirada da Carteira Nacional de Habilitação.

“Nós analisamos os casos mais urgentes, aqueles alunos que têm os processos mais antigos, que estão vencendo e que têm direito de fazer pelo menos mais um teste. Com isso, nós vamos começar o ano de 2020 com essa pendência zerada”, comenta.

O delegado regional afirma que o fluxo de atendimentos na Ciretran será normalizado com esse mutirão. Fabiano lembra que a necessidade de agilizar a aprovação dos alunos das autoescolas não vai fazer com que haja mudanças no rigor dos testes práticos de direção, conforme as normas do Código de Trânsito Brasileiro.

“As reprovações vão continuar acontecendo. Quem não está preparado, não vai ser aprovado. Porém, é nosso dever oportunizar que os novos testes aconteçam. Hoje, uma reclamação recorrente e legítima é de há um represamento do volume de atendimentos porque nós tínhamos apenas um examinador”, destaca.

Operação Sinal Vermelho

A Operação Sinal Vermelho, do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), terminou com a prisão do agente de polícia civil que realizava os exames de direção em Jaraguá do Sul e região. Ele cobrava para passar os alunos das autoescolas da região.

Com um maior rigor nos exames, mais pessoas começaram a reprovar e a demanda aumentou. Fabiano destaca que o desafio do serviço público era otimizar o processo onde há deficiência e, desse modo, sanar os problemas. O maior rigor nos exames tornou Jaraguá do Sul referência no Estado.

“Eu posso garantir que o padrão que estamos aplicando aqui atende todos os requisitos exigidos pela legislação de trânsito. Neste mutirão, nós iniciaremos o período de estágio dos novos examinadores. O estágio não é obrigatório, mas vão pegar o padrão adotado aqui para aplicar em Guaramirim”, afirma.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram