A Justiça condenou, na última quinta-feira (26), um homem de 39 anos a 14 anos de prisão pela morte do pai, ocorrida em Joinville. O crime foi registrado no dia 26 de dezembro de 2018 no bairro Costa e Silva.

 

 

Conforme a acusação do Ministério Público, a vítima, um idoso de 60 anos, foi esfaqueada na cabeça e no tórax. Ela chegou a ficar dois meses internada, mas morreu em decorrência de insuficiência respiratória aguda e pneumonia bacteriana.

O motivo do crime - considerado torpe pela Justiça - seria uma suposta declaração da vítima, que teria dito ao réu que ele não era seu filho. O homem já estava preso e continuará a cumprir pena no Presídio Regional de Joinville.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram

Facebook Messenger