O réu Pedro Gabriel da Rosa foi condenado a 8 anos e 4 meses pela participação na tentativa de homicídio, no bairro Jardim Paraíso, em maio de 2016.

Ele foi julgado levando em consideração duas qualificadoras: motivo torpe e perigo comum por se tratar de uma rua com pedestres/veículos.

De qualquer forma, ele foi absolvido da tentativa de homicídio contra a adolescente que foi atingida durante os disparos de arma de fogo durante o confronto.

Ele está preso desde o episódio e continuará preso. Este tempo em que está no Presídio Regional de Joinville vai contar para a redução de sua pena. Ele tem cinco dias para recorrer desta decisão.

*Com informações da assessoria de imprensa do Fórum de Joinville

LEIA MAIS:

Homicídios: Joinville terá nove julgamentos durante o mês de agosto

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger