Gabriella Custódio da Silva, de 20 anos, foi vítima de um homicídio em Joinville no fim da tarde de terça-feira (23).

Ela foi baleada no distrito de Pirabeiraba, na zona norte, por volta das 17h30. Depois do crime, Gabriella foi deixada na porta do hospital Bethesda por um homem, que saiu rapidamente do local.

A vítima foi retirada do porta-malas de um Chevrolet Captiva, conforme informações da PM. A placa do carro indicou que o veículo pertencia ao companheiro de Gabriella, Leonardo Natan Chaves Martins, 21 anos, que está desaparecido.

 

 

O veículo foi abordado por acaso, identificado pela placa, quando os policiais realizavam buscas próximos ao endereço no qual o carro estava registrado. Havia duas pessoas no interior do veículo. Elas foram levadas para a Central de Polícia para depoimento e o carro apreendido.

Companheiro é o principal suspeito do crime | Foto Redes Sociais

O homem que estava dirigindo alegou que o automóvel fora deixado na casa de um amigo e eles o estavam levando para o endereço do proprietário.

Na manhã desta quarta (24), a residência os pais do rapaz estava fechada e não havia nenhuma movimentação.

Gabriella era de Itajaí e trabalhava em uma empresa de encomendas. A jovem tinha se casado com Leonardo em abril.

A polícia trabalha com a hipótese de feminicídio no caso.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger