A idosa de atropelada por um carro morreu na madrugada desta terça-feira (28), em Jaraguá do Sul. Adir Pereira, de 67 anos, não resistiu aos ferimentos graves provocados pelo acidente e teve óbito confirmado por volta das 5h30.

Adir estava internada há 14 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São José. Ela havia passado por cirurgia na cabeça e o estado de saúde dela era considerado grave.

De acordo com a Funerária Leier, a idosa está sendo velada na Capela Mortuária da Vila Lenzi. O corpo de Adir será cremado na tarde desta terça, por volta das 16h, no Crematório Catarinense, no bairro Nereu Ramos.

O acidente aconteceu na manhã do dia 14 de abril, na rua José Theodoro Ribeiro, no bairro Ilha da Figueira. De acordo com a família, a vítima estava indo para o trabalho e foi atingida por um veículo na faixa de pedestres.

As imagens de uma câmera de segurança flagraram o momento do acidente. A idosa atravessou a rua e foi atingida pelo veículo de cor prata. Com o impacto, a vítima chegou a ser jogada para cima.

Um pedreiro que estava realizando uma obra nas proximidades do local da ocorrência contou para a reportagem do OCP que o veículo estava em alta velocidade. Ele está no vídeo que mostra o momento em que aconteceu o acidente.

“Ele freou uns 60 metros antes, mas vinha em alta velocidade e não conseguiu parar. A mulher já estava atravessando, ele jogou para o lado esquerdo e atropelou ela. A mulher foi jogada para cima do carro, bateu no parabrisa e caiu no chão”, contou o trabalhador.

Uma condutora que disse ter presenciado o acidente entrou em contato com a reportagem do OCP. Ela contesta a versão do pedreiro e afirma que o automóvel não estava trafegando em alta velocidade. A mulher disse que estava indo para o trabalho no momento do atropelamento.

“Eu estava logo atrás do veículo que colidiu contra a senhora e todos estavam trafegando em velocidade abaixo do permitido na via. Eu estava seguindo para o meu trabalho. Enquanto o carro do lado da direita parou, o da esquerda não viu. O veículo não estava acima da velocidade. O motorista parou e prestou socorro”, conta.

O Corpo de Bombeiros Voluntários e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram chamados para atender a ocorrência às 6h50. Os socorristas atenderam a vítima com ferimentos e fraturas na perna esquerda.

A idosa também teve um trauma cranioencefálico grave e estava com sangramentos nos ouvidos e no nariz. Após os primeiros socorros, ela foi levada em estado crítico para o Hospital São José.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança