Identificados os jovens mortos por suspeita de intoxicação dentro de BMW em Balneário Camboriú

Foto: Reprodução redes sociais

Por: Elisângela Pezzutti

01/01/2024 - 17:01 - Atualizada em: 01/01/2024 - 18:20

Os quatro jovens que morreram com suspeita de intoxicação por monóxido de carbono dentro de uma BMW que estava estacionada na rodoviária de Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, na manhã desta segunda-feira (1º), foram identificados. São eles: Gustavo Pereira Silveira Elias, 24 anos; Karla Aparecida dos Santos, 19 anos; Tiago de Lima Ribeiro, 21 anos; e Nicolas Kovaleski, 16 anos.

Segundo informações do delegado Bruno Effori, as vítimas ficaram cerca de quatro horas dentro do carro ligado com o ar-condicionado funcionando e foram encontradas desmaiadas.

De acordo com informações preliminares da polícia, uma falha mecânica na BMW/320I M Sport, fabricada em 2022, teria levado monóxido de carbono para dentro do veículo, o que pode ter causado a morte das quatro vítimas.

“Há necessidade de exames complementares, mas a perícia apontou uma perfuração no escape entre o motor e o painel do automóvel, e que teria vazado monóxido de carbono para dentro do veículo, causando asfixia e parada cardiorrespiratória nos ocupantes”, disse o delegado Bruno Effori.

Os jovens eram de Paracatu e Palmas de Minas, em Minas Gerais, mas moravam na Grande Florianópolis há cerca de um mês. A prefeitura de Paracatu decretou luto oficial pelas mortes de Gustavo, Thiago, Nicolas e Karla.

*Com informações do g1