Homem foi preso segunda-feira e solto na terça | Foto GMF/Divulgação
Homem foi preso segunda-feira e solto na terça | Foto GMF/Divulgação

O homem de 55 anos preso segunda-feira  (13) em Florianópolis, em um ônibus, passou por audiência de custódia na tarde desta terça-feira (14), no Fórum do Centro. O juiz da 3ª Vara Criminal da Capital, Rudson Marcos, homologou a prisão em flagrante por importunação sexual (crime tentado).

A pedido do Ministério Público e da Defensoria Pública, o magistrado determinou a concessão de liberdade provisória ao homem, que é réu primário (sem antecedentes criminais), e fixou as seguintes medidas cautelares:

  • Manter endereço atualizado nos autos, com imediata comunicação em caso de mudança
  • Comparecer mensal em juízo para informar e justificar suas atividades
  • Comparecer a todos os atos processuais para os quais for intimado
  • Proibido de se ausentar da região metropolitana de Florianópolis sem autorização judicial por mais de 30 dias consecutivos
  • Proibido de manter contato por qualquer meio com a vítima e testemunhas

Considerando a condição de dependência de álcool relatada, o juiz determinou o encaminhamento do homem à Central de Penas e Medidas Alternativas, na qual o conduzido poderá comparecer para atendimento e acompanhamento de medidas sociais e de saúde pública em programas públicos específicos.

O homem responderá à ação em liberdade. O processo foi encaminhado para manifestação do Ministério Público.

Quer receber as notícias no WhatsApp?