Um homem foi preso na tarde da última terça-feira (14), em Palhoça, na Grande Florianópolis, durante uma operação da Polícia Civil para combater furto de energia.

 

 

O alvo da ação foi um restaurante localizado à margem da BR-282, próximo a um posto de combustíveis.

Segundo o delegado Arthur Lopes, a unidade consumidora recebia energia elétrica de forma irregular – para burlar a fiscalização, foi instalado um medidor de energia elétrica adulterado. O aparelho foi apreendido e será encaminhado ao Instituto Geral de Perícias (IGP).

A ação contou com o apoio de técnicos da Celesc e de perito criminal e auxiliar do IGP, que constataram as irregularidades na distribuição de energia elétrica no local.

Após o procedimento administrativo da Celesc (TOI), o medidor de energia foi trocado. De acordo com o delegado, esta é mais uma operação que visa identificar e coibir o furto de energia elétrica em Palhoça.

“Além do impacto na conta de luz, os furtos e fraudes de energia pioram a qualidade do serviço prestado, prejudicando todos os consumidores”, afirmou.

Conforme Lopes explica, as ligações clandestinas sobrecarregam as redes elétricas, deixando o sistema de distribuição mais suscetível a interrupções no fornecimento de energia. Após os procedimentos policiais, o homem autuado foi encaminhado para audiência de custódia.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram