A Polícia Civil prendeu um homem de 23 anos na tarde de segunda-feira (12) em um apartamento no bairro Barreiros, em São José, na Grande Florianópolis. Ele é suspeito de ter simulado um sequestro para obrigar os pais a pagarem por um suposto resgate e por isso foi autuado pelo crime de extorsão.

O homem havia desaparecido após sair do trabalho na sexta-feira (9) pela manhã e no dia seguinte passou a enviar mensagens para o seu pai, como se fosse outra pessoa, exigindo o pagamento de R$ 4 mil para ser libertado, sem que na realidade tivesse sido sequestrado.

 

 

Com a investigação pela Polícia Civil, por meio de policiais civis da Delegacia de Roubos e Antissequestro (DRAS) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), ele foi encontrado e preso por extorsão, já que ficou caracterizada a grave ameaça contra as vítimas, que acreditavam realmente ser um sequestro.

Segundo os policiais civis, o preso disse que estava com dívidas e admitiu ter cometido o crime, sendo preso em flagrante. O crime de extorsão prevê pena de quatro a dez anos de reclusão.