A Defesa Civil de Guaramirim registrou diversas ocorrências durante o fim de semana.

O acumulado de chuva em 36 horas chegou a 176 milímetros e resultou em alagamentos e deslizamentos no município.

O diretor do órgão, Rogério Vonk, explica que só ocorreram danos materiais em alguns casos.

Alguns pontos de alagamento foram verificados na área central, na Ilha da Figueira e no bairro Jacu-Açu.

Um deslizamento ocorreu no quilômetro 36 da SC-108.

A Defesa Civil do Estado e o Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura) foram chamados para fazer a retirada do barro da pista.

“A pista já foi liberada para o tráfego, mas está claro que é preciso uma ação mais contundente por parte da Defesa Civil do Estado ou do Deinfra para solucionar o caso. Se continuar chovendo, vai descer mais material”, reitera.

No bairro Nova Esperança, caiu um muro de contenção atrás de uma residência.

Como o local já havia sido interditado pela Defesa Civil de Guaramirim, não havia ninguém na residência.

Nesta segunda-feira (1º), ocorreram mais quedas de muro e de uma galeria no bairro Amizade.

“O que causou um pouco de tensão foi o rio estar subindo muito. Mas, felizmente, ele se comportou bem e chegou no limite de 3,6 metros, o que nos deixou em alerta, mas não causou maiores danos no município”, finaliza Vonk.