Às vésperas da disponibilização dos saques do FGTS, golpistas aproveitaram para enganar aqueles que estão interessados em fazer a retirada, roubando os dados pessoais dessas pessoas.

A desenvolvedora de aplicativo de segurança digital, PSafe, informou que em apenas dois dias, mais de 100 mil pessoas já foram afetadas pelo golpe no WhatsApp.

Além do aplicativo, a fraude também está sendo aplicada por e-mail e até SMS. Perguntas como “Deseja sacar todo seu FGTS?” ou “Você sacou algum valor do FGTS nos últimos 3 meses?”, estão sendo enviadas aos usuários.

 

 

Após clicar no link encaminhado com a mensagem, a pessoa era redirecionada para uma nova página, que o induz a compartilhar com mais dez amigos para que o suposto saque seja liberado.

Segunda a PSafe, a cada hora, pelo menos 2.083 pessoas caem nesse golpe, que obtém dados pessoais, inclusive senhas, através dos links falsos.

A Caixa se pronunciou e disse que não faz envios de links e nunca pede confirmação de dados por e-mail, WhatsApp e SMS. Segundo o banco, a forma mais fácil de se informar sobre o assunto é utilizando o aplicativo do FGTS e o site oficial da Caixa Economica Federal.

Fonte: InfoMoney

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger