A Polícia Civil de Blumenau deflagrou nesta terça-feira (27) a Operação Terraplanagem, que tem como objetivo desarticular um grupo suspeito de praticar corrupção em obras realizadas na cidade. As investigações são um desdobramento da prisão do ex-gerente da Faema em flagrante no dia 19 de julho, por suspeita de extorsão em uma obra no bairro Fortaleza.

Segundo informações, empresas que executavam serviços de terraplanagem e o fiscal teriam se associado para trocar informações que resultavam na cobrança e divisão de propina.

O esquema funcionava da seguinte forma: a empresa era contratada pelo cliente para executar a terraplanagem no terreno e informava o fiscal de que a obra ocorria em local de proteção ambiental. Com isso, o servidor público pedia propina para não multar o responsável ou embargar a obra.

Além do ex-gerente, outros agentes públicos da Prefeitura de Blumenau, que não tiveram os nomes divulgados, estão sendo investigados. No último dia 14, um segundo fiscal do município também foi preso por suspeita de corrupção.

Quer receber as notícias no WhatsApp?