Dois homens acusados de envolvimento em um assassinato foram condenados pela Justiça, na última quinta-feira (19), em Joinville. O crime ocorreu em abril de 2018, e a vítima teria sido mantida em cárcere privado e torturada antes de ser morta.

Eles foram condenados a penas de 24 e 28 anos de prisão, em regime inicial fechado. A dupla, no entanto, já está encarcerada. Um dos réus, considerado o mandante do assassinato, está detido no sistema prisional de segurança máxima de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

 

 

Ao todo, três homens são apontados como participantes – um deles, com processo desmembrado, será julgado em data posterior. O crime teria sido motivado pela rivalidade entre facções criminosas.

Conforme os autos, a apreensão de um aparelho celular foi fundamental para o esclarecimento dos fatos.