O Serviço de Inspeção Municipal de Produtos de Origem Animal de Guaramirim realizou a pesagem da carne apreendida em um mercado no município.

Ao todo, foram confiscadas aproximadamente duas toneladas do produto sem condições para consumo.

A apreensão ocorreu na manhã desta terça-feira (2), durante uma fiscalização no estabelecimento.

De acordo com os fiscais, a carne estava fora do prazo de validade, com a temperatura de refrigeração fora do padrão e sem etiquetas que comprovassem a destinação do produto.

Um dos fiscais contou para a equipe do OCP que havia um “forte cheiro de podre na câmara fria”.

O odor já chamou a atenção logo no início da fiscalização. Após a inspeção no compartimento, os servidores constataram as irregularidades.

A carne foi recolhida para a destinação correta e o açougue do mercado foi interditado até a regularização da situação.