A Delegacia de Homicídios de Joinville esclareceu o homicídio ocorrido em 18 de janeiro deste ano, no bairro Jardim Iririú, zona Leste da cidade. Segundo a Polícia Civil, a investigação em torno do primeiro homicídio do ano em Joinville mostrou que a motivação do crime está ligada a disputas internas de uma facção criminosa.

Motivação do crime está ligada a disputas internas de uma facção criminosa, segundo a Polícia Civil | Foto DH

Com base em elementos da investigação, a DH prendeu um dos acusados de ser executor do crime nesta quarta-feira no bairro Ulisses Guimarães. Agora, segundo a DH, a investigação prossegue no propósito de identificar os demais executores e também os membros da facção que “deram o aval” para o crime.

Relembre o caso

Tiago Henrique Elias da Silva, de 24 anos, foi assassinado em frente a um condomínio residencial na rua Papa João Paulo I, por volta das 15h. De acordo com populares, quatro homens em um GM/Corsa pararam o veículo no residencial e empurraram o homem para fora do carro.

Em seguida, deram vários tiros contra o jovem, que tinha as mãos atadas. Eles não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Tiago Henrique Elias da Silva, de 24 anos, foi assassinado em frente a um condomínio residencial | Foto Arquivo

Quer receber as notícias no WhatsApp?