Oficiais encontraram em uma fazenda de caça na África do Sul os corpos de 20 filhotes de leões armazenados dentro de um freezer. Outros animais foram encontrados sofrendo maus-tratos durante a inspeção surpresa.

Alguns filhotes foram sacrificados pelos veterinários ainda no local meses atrás, o que fez com que a equipe fizesse uma nova operação. Desta vez eles encontraram aproximadamente 20 carcaças de leões e tigres dentro de um freezer.

 

 

De acordo com Eduardo Gonçalves, o fundador da Campanha de Proibição da Caça ao Troféu, os animais nasceram em cativeiros para serem criados e posteriormente abatidos por turistas no chamado fuzilamento por troféus.

"É simplesmente obsceno. Os animais são mantidos em condições terríveis e seus donos tiram uma fortuna de sua miséria", disse Eduardo.

"Os ossos muitas vezes são vendidos a revendedores suspeitos na Ásia que fabricam medicamentos falsificados. Essa é a realidade da pecuária de fábrica de felinos na África do Sul", explicou Gonçalves ao jornal britânico "The Sun".

Fonte: Meia Hora

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger