O 14º BPM (Batalhão de Polícia Militar) iniciou uma operação para fiscalizar as medidas sanitárias para evitar a disseminação do novo coronavírus em Jaraguá do Sul.

Na noite desta sexta-feira (5), duas boates localizadas às margens BR-280 foram interditadas. Uma terceira foi fechada por aglomeração no bairro Chico de Paulo.

De acordo com o comandante do 14º BPM, tenente-coronel Márcio Leandro Reisdorfer, a ação é o início da intensificação da fiscalização do lockdown.

Foto: Cláudio Costa/OCP News

A verificação das medidas será recrudescida durante todo o fim de semana. A ideia da PM é garantir o cumprimento das restrições.

Durante o fim de semana, entre às 23h de sexta-feira e 6h de segunda (8), a medida passa a vigorar em Santa Catarina.

Durante o período, apenas os serviços considerados essenciais podem funcionar. Os estabelecimentos que podem funcionar estão descritos no decreto estadual 1.172/2021.

A ação contou com a participação do Corpo de Bombeiros Militar, da Polícia Civil, da Fiscalização de Posturas e da Vigilância Sanitária de Jaraguá do Sul.

Foto: Cláudio Costa/OCP News

O trabalho iniciou com a fiscalização das regras nos supermercados da cidade. Equipes percorreram os estabelecimentos e orientaram os responsáveis.

“Nós queremos verificar se todas as medidas estão sendo tomadas, se há distanciamento, disponibilização de álcool em gel na porta, limitação de lotação do ambiente. Estamos vivendo uma situação crítica, com um colapso na área da saúde, e buscamos evitar as aglomerações”, destaca Reisdorfer.

Foto: Cláudio Costa/OCP News

Em um segundo momento da operação, os policiais militares, civis, bombeiros militares, fiscais de posturas e sanitários realizaram a vistoria em outros estabelecimentos.

Três boates foram fiscalizadas durante a ação. Dois estabelecimentos foram flagrados abertos após às 22h, horário em que apenas serviços considerados essenciais podem funcionar, e foram interditados.

Foto: Cláudio Costa/OCP News

Nos locais, muitos clientes e funcionários foram encontrados sem máscaras. Eles estavam aglomerados em um ambiente fechado, o que aumenta a chance de contágio pelo vírus.

“São estabelecimentos que não estavam seguindo a questão do horário e tão pouco têm relação com o serviço essencial. Os locais estavam funcionando de forma totalmente irregular e foram encontradas drogas com os frequentadores”, explica o comandante.

Foto: Cláudio Costa/OCP News

A Vigilância Sanitária informou que os dois estabelecimentos ficarão fechados por 72 horas.

Se houver uma nova constatação de desrespeito as regras de combate a Covid-19, os estabelecimentos serão interditados por sete dias.

O órgão ressalta que bares foram fiscalizados no Centro, no Amizade e na Vila Lenzi.

Foram verificadas possíveis aglomerações, mas não houve registro de irregularidades.

Denúncias de aglomerações ou outros desrespeitos as medidas sanitárias de combate ao novo coronavírus podem ser feitas através do número 190.