O jovem Leonardo Natan Chaves Martins já está sendo ouvido na Delegacia de Homicídios de Joinville pelo delegado Eliezer Bertinotti.

Ele chegou acompanhado do advogado, Pedro Wellington Alves da Silva, para prestar depoimento a respeito da morte de sua esposa, Gabriella Custódio da Silva. Ela foi morta com um tiro no tórax e foi levada pelo suspeito até o hospital após o crime, mas não resistiu e faleceu.

Leonardo, que é o principal suspeito de ter cometido o assassinato, chegou ao lado do advogado para prestar depoimento aos prantos, e até às 17h30 permanecia sendo ouvido.

Nas redes sociais onde o casal ostentava sua via amorosa, várias pessoas comentaram nas fotos de Leonardo, desejando para ele a prisão por ter, até então supostamente, sido o autor do crime brutal que abalou a comunidade de Pirabeiraba, em Joinville.

O corpo da jovem foi sepultado no litoral de Santa Catarina, onde ela nasceu.

 

Relembre o caso:

Polícia procura homem que deixou namorada morta em Hospital de Joinville

[Vídeo] Imagens mostram homem deixando namorada baleada em hospital de Joinville

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger