O comandante da 12ª Região de Polícia Militar (RPM), coronel Amarildo de Assis Alves, quer a instalação de um grupamento avançado do Esquadrão de Polícia Montada da 5ª RPM em Jaraguá do Sul. Porém, isso não deve acontecer tão cedo, já que não há efetivo policial suficiente.

De acordo com Alves, os policiais e os animais viriam do esquadrão instalado em Joinville. Esses policiais destinados a Jaraguá do Sul deverão ser substituídos pelos novos soldados do edital que a PM lançou nesta segunda-feira (26).

"Após a finalização desse edital, a conclusão do curso e dos aprovados, a gente vai poder voltar a tona com a cavalaria no município", destaca.

O plano é trazer cinco duplas formadas por policiais e cavalos para a cidade, que além de ajudar a parte policial, também devem contribuir para a parte social, como a equoterapia.

Segundo o coronel, a implantação da modalidade traria uma importante aproximação dos policiais com a comunidade, já que a cavalaria é vista com um viés positivo.

"A cavalaria desperta as pessoas e sempre chama atenção. Os moradores têm uma sensação muito maior de segurança", acredita.

O Bananalama, que será realizado em Corupá nos dias 4 a 7 de julho, poderá contar com esse reforço. "Estamos fazendo um esforço para trazer a cavalaria de Joinville para o Bananalama", completa.

A sede do grupamento será instalada na Sociedade Hípica de Jaraguá do Sul, às margens da BR-280, no bairro Água Verde.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

Telegram  

Facebook Messenger  

WhatsApp