A Receita Federal apreendeu mais de 350 quilos de cocaína no Porto de Itapoá, no Litoral Norte catarinense, na tarde de terça-feira (24). A droga estava em um contêiner junto de uma carga de cerâmica que iria para o Porto de Valência, na Espanha. O cachorro Enzo foi quem ajudou a localizar as drogas na operação.

A Receita Federal suspeita que os traficantes tenham tentado despistar a fiscalização inserindo a droga em meio aos produtos sem o conhecimento do exportador. A técnica é chamada de 'rip-on/rip-off'.

Foto: Receita Federal/Divulgação

Esta é a terceira apreensão realizada pela Receita Federal no Porto de Itapoá em 2021, totalizando 839 quilos de cocaína. Em maio, mais de 400 quilos da droga já haviam sido apreendidos no local.

Somados aos 1.080 quilos apreendidos anteriormente em operações do órgão no Porto de Itajaí, já foram apreendidas 1,92 toneladas da droga em todo estado neste ano.