O Corpo de Bombeiros Voluntários de Jaraguá do Sul comemora 54 anos de fundação no próximo sábado (22). Por causa do agravamento da pandemia do novo coronavírus, será realizado um ato simbólico para marcar a data.

Por volta das 12h, a sirene que fica no alto da torre da sede da corporação, na rua Presidente Epitácio Pessoa, será acionada. Os bombeiros reiteram que o ato simbólico nada terá a ver com qualquer emergência e que a população deve ficar tranquila.

 

 

Após a fundação, em 22 de agosto de 1966, a equipe era chamada para realizar os atendimentos dos incêndios através de ligações telefônicas para cada integrante. Eles se encontravam em uma empresa e seguiam para a ocorrência.

A sede com a torre foi inaugurada em 26 de outubro de 1968. A estrutura era utilizada para a secagem das mangueiras e abrigava a sirene, importante meio de comunicação para anunciar as emergências.

Como não havia um contingente fixo de bombeiros, as ligações eram atendidas na agência da Celesc, ao lado da sede da corporação. Os funcionários da autarquia realizavam o acionamento da sirene e, desta forma, informavam para os bombeiros voluntários da cidade que a comunidade precisava do apoio deles.

O uso da sirene

Com o passar dos anos, a corporação passou a ter bombeiros fixos trabalhando na base e isso fez com o que a sirene passasse a ser cada vez menos utilizada. Apesar disso, o dispositivo ainda está em pleno funcionamento, apenas tendo sido trocadas as cornetas de ferro pelas de inox.

“Hoje, a comunicação é muito mais fácil através do celulares e as redes sociais, como o WhatsApp. Houve uma diminuição do acionamento, mas ainda hoje podemos utilizar a sirene para chamar bombeiros próximos para uma ocorrência de grandes proporções”, comenta o comandante da corporação, Neilor Vincenzi.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança