Relatório divulgado pelo 10° Batalhão de Polícia Militar apresentou os indicadores criminais do primeiro semestre deste ano, em Blumenau. O destaque positivo é a redução de mortes violentas e crimes contra o patrimônio. Por sua vez, a informação que chama a atenção negativamente é o aumento significativo dos casos de violência doméstica.

Nos seis primeiros meses de 2020, segundo a PM, os homicídios recuaram 38% em relação ao mesmo período de 2019, caindo de 21 para 13, ou seja, com a preservação de oito vidas. Além disso, o balanço aponta a queda de 28% nos roubos, com 40 ocorrências a menos, e 19% nos furtos, com 146 registros a menos.

Embora os três tipos de crime que mais geram sensação de insegurança para a população tenham apresentado uma substancial diminuição, a disparada da violência doméstica, que está distante do controle dos órgãos de segurança, desperta preocupação. Em Blumenau, o número de casos de violência doméstica aumentou 11%. Somente no primeiro semestre, foram 408 notificações deste crime, 41 registros a mais que 2019.

Ainda de acordo com o relatório, a Polícia Militar atendeu 22 mil ocorrências neste período no município, que resultaram em 1,1 mil pessoas presas ou detidas, além de 35 armas de fogo e 248 quilos de drogas apreendidos.

 

 

O tenente-coronel Jefferson Schmidt, comandante do 10° BPM, avaliou positivamente o resultado obtido. "Ao externar nossa satisfação em ter alcançado tais estatísticas positivas, exceção à violência doméstica, a qual é muito difícil a prevenção policial militar, nos vemos atrelados aos objetivos que a sociedade nos impõe: promover a segurança de todos, mantendo a ordem pública e o estado de harmonia social na nossa cidade", afirmou.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul