Brusque é o único município catarinense com mais de 100 mil habitantes que não registrou morte violenta neste primeiro semestre de 2020. No ano passado, neste mesmo período, a cidade localizada no Vale do Itajaí havia registrado cinco homicídios, segundo a Polícia Civil.

O delegado regional de Brusque, Fernando de Faveri, acredita que vários fatores impactaram no resultado positivo. Ele destaca a integração entre os órgãos de segurança (Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, IGP e Guarda de Trânsito), assim como a parceria com a Prefeitura e diversas entidades da sociedade civil, entre elas a Associação Comercial e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Faveri também reforça o comprometimento do Ministério Público e do Poder Judiciário para que Brusque se mantenha em posição de destaque. Para ele, essa integração e o compartilhamento de informações faz com que todos aqueles que venham a cometer crimes na região sejam identificados e presos.

“Isso demonstra a efetividade e o comprometimento de todos os policiais civis, assim como de todos os profissionais da segurança que atuam na região”, destacou o delegado.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul