Uma operação da Polícia Militar com as participações do Batalhão do Choque, 21º BPM e do Pelotão de Patrulhamento Tático do 4º BPM encerrou um baile funk que reuniu mais de mil pessoas na madrugada deste domingo (23) no Morro da Queimada, região central de Florianópolis.

Após denúncias de moradores, a PM chegou ao local por volta das 3h30min e foi recebida por tiros de arma de fogo e garrafas de vidro lançadas em direção aos policiais.

 

 

Para dispersas a multidão e acabar com a festa clandestina, a PM usou agentes químico. Os responsáveis pelo evento, no entanto. não foram localizados.

A ocorrência foi tratada como tentativa de homicídio doloso, “por infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”.