O futuro político do ex-prefeito de Florianópolis, César Souza Júnior (PSD), vai passar pelo plenário da Câmara de Vereadores de Florianópolis. Na tarde desta quarta-feira (04), a Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação analisou as contas de 2016 da gestão anterior e só não votou o parecer final porque o vereador Renato Geske (PR) pediu vistas e deve apresentar seu voto na próxima segunda-feira (09).

Presidente e relator, Gabrielzinho Meurer (C), votou pela rejeiçáo das contas | Foto Heriberto G. Junior

Candidato a deputado federal pelo PSD, César Souza Jr. não pode ter suas contas rejeitadas pelos vereadores pois assim ficaria inelegível por 8 anos. Pela análise do Tribunal de Contas do Estado (TCE), as contas de 2016 foram aprovadas, mas com votos contrários do conselheiro-relator, Luís Roberto Herbst, e do conselheiro Adircélio de Moraes Ferreira Filho.

Leia mais: Presidente da Câmara de Florianópolis se afasta do cargo

“Não posso aprovar as contas que apresentam tais inconsistências pois isso não é aceitável nem no ambiente familiar”, escreveu Gabriel.

Na próxima segunda-feira a Comissão de Orçamento volta a se reunir e deve concluir a votação do parecer antes de enviar ao plenário para a apreciação final.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?