Além da previsão de redução do preço da passagem do ônibus, com o lançamento do novo edital do transporte público de Jaraguá do Sul, feito pela Prefeitura nesta terça-feira (1), também pretende modernizar o sistema com a adoção da biometria facial. Esse recurso serve para evitar fraudes nos descontos e gratuidades.

 

 

O edital prevê uma série de mudanças, que envolvem maior controle do Município na operação de transporte coletivo, diminuição de itinerários e segurança nos horários das linhas.

Pelo novo edital, as propostas deverão ser apresentadas até 7 de outubro.

Mudanças previstas na nova licitação:

Maior eficiência, segurança nos horários

Como está: Acompanhamento e controle da operação via SAE - Sistema de Bilhetagem Eletrônica. Algumas linhas sem atendimento nos finais de semana e feriado.

Como vai ficar: Acompanhamento, controle e fiscalização através do espelhamento para a administração municipal de todos os dados como monitoramento da frota em tempo real. Biometria facial para evitar fraude nos descontos e gratuidades. Todas as linhas serão atendidas nos finais de semana e feriados.

Controle do Município

Como está: o valor da tarifa leva em conta a planilha de custos da empresa prestadora do serviço.

Como vai ficar: A concorrência propõe que a tarifa passe a ser calculada com base na análise do fluxo de caixa, permitindo maior controle do poder público dos investimentos e maior conhecimento sobre os ganhos reais da operadora.

Preço da Tarifa

Como está: R$ 5 – embarcada; R$ 4,60 – antecipada; R$ 2,30 – com desconto para beneficiados (estudantes, por exemplo). Em média, por mês, o sistema emite 472 mil passagens, dessas, 64 mil são se gratuidade.

Como vai ficar: Preço máximo de R$ 3,92.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul