A expectativa do governador Carlos Moisés (PSL) e da vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido) de suspender o processo de impeachment caiu por terra no final da tarde desta segunda-feira (28). Em decisão publicada no Diário da Justiça, a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou a concessão de liminar na ação de arguição por descumprimento de preceito fundamental (ADPF).

 

 

A decisão admite a continuidade do processo contra o governador e a vice de Santa Catarina, que já está na fase da Comissão Especial de Julgamento, formada por 6 desembargadores e 5 deputados estaduais.

O deputado Kennedy Nunes (PSD), sorteado redator da comissão, tem até o dia 7 de outubro para apresentar parecer pela admissibilidade ou não do processo de afastamento dos chefes do Executivo.

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp