Domingo (20) será um dia decisivo para os filiados do Psol de Santa Catarina. É quando a legenda vai definir os nomes dos pré-candidatos a governador, vice e senado, e confirmar os pré-candidatos a deputados.

Joinville deve ter representantes na corrida pela Alesc e Câmara dos Deputados. Além disso, o jornalista Leonel Camasão, que por muitos anos viveu na cidade e hoje reside na Capital, deve disputar a vaga de governador, conforme já noticiou o OCP Joinvilleem março.

Leonel Camasão é o pré-candidato do Psol a governador | Foto Divulgação

O encontro será realizado no auditório do Sindprevs, em Florianópolis. O colegiado possui 27 membros titulares, e é a instância máxima de decisão do partido, abaixo apenas dos Congressos.

Na ocasião, também será apresentado ao diretório a chapa de pré-candidatos e candidatas proporcionais. Até o momento, o Psol tem 18 pretendentes a deputado federal e 23 a estadual. “Estamos construindo a nossa melhor chapa desde que fundamos o partido. Temos força na Grande Florianópolis, mas com esta eleição, queremos ampliar nossa presença para mais regiões em SC”, avalia Camasão.

Alianças

A reunião de domingo também vai definir a política de alianças eleitorais. O partido já firmou parcerias com organizações como a Iniciativa Comunista Brasileira e as Brigadas Populares. Nacionalmente, o Psol está com o PCB, em torno das pré-candidaturas de Guilherme Boulos e Sônia Guajajara. “Há uma tendência natural de repetir esta aliança em Santa Catarina. As conversas estão bem avançadas”, afirma Camasão