Em nota emitida nesta quarta-feira (26), o governo de Santa Catarina Carlos Moisés (PSL) disse que sua convocação pela CPI da Covid no Senado Federal "não possui justificativa e se traduz em uma manobra claramente política promovida por quem coloca seus interesses pessoais acima dos interesses dos catarinenses."

Na nota, o governador destaca ainda que todos os órgãos de controle que investigaram o caso dos respiradores atestaram a absoluta lisura de sua conduta e também constataram de forma cabal a inexistência de recursos oriundos do governo federal.

 

 

"De qualquer forma, todas as informações dos processos arquivados pelo Superior Tribunal de Justiça, pela Polícia Federal, pelo Ministério Público Federal, pelo Ministério Público Estadual e pelo Tribunal de Contas do Estado serão disponibilizadas à CPI para auxiliar no bom andamento dos trabalhos" encerra a nota.