Investigado na operação Desacato, ex-secretário de Turismo de Florianópolis é afastado pela Maçonaria

Reprodução/Câmara de Florianópolis

Por: Pedro Leal

26/02/2024 - 14:02 - Atualizada em: 26/02/2024 - 14:30

O ex-secretário de Turismo, Cultura e Esporte de Florianópolis, Ed Pereira, foi suspenso pela Maçonaria após se ver alvo da operação Presságio. O ato consta em um decreto do gabinete do Grão-Mestrado da Grande Loja de Santa Catarina.

As informações são da coluna de Dagmara Spautz, na NSC.

No ato de suspensão, o motivo para o afastamento temporário e preventido são os “indícios de participação na Operação Presságio”.

Ed Pereira também teve vedado no decreto o direito de receber um certificado de “quite placet”, ou seja, de afastamento voluntário da Maçonaria.

A Justiça determinou na semana passada o afastamento de Ed Pereira e de Fábio Braga, ex-secretário de Meio Ambiente, conforme revelado pela coluna de Anderson Silva, no mesmo portal.

Divulgação/Portal Desacato

A operação começou investigando a suspeita de um esquema de corrupção na coleta de lixo na Capital, e passou a abranger supostos desvios de recursos em eventos públicos.

A defesa de Ed Pereira afirma que “o material apreendido na busca e apreensão ainda está em análise preliminar. A defesa tem ciência da decisão proferida que renovou o afastamento dos cargos, porém não teve acesso a íntegra das provas objeto de análise”.